Um blog do Travellerspoint

Dia 20 - Amsterdam - Praga

sunny 23 °C

Tomamos café da manhã no albergue e saímos pra dar uma volta de bicicleta.

CIMG1373.jpg
CIMG1374.jpg

Em Amsterdam, os ciclistas precisam respeitar todas as regras de trânsito. Não tem essa de sair avançando os sinais vermelhos.

CIMG1375.jpg

Fomos até o De Gooyen Molen, um moinho holandês dentro da cidade:

Europa_2008_653.jpg

Prédios residenciais modernos próximos ao moinho:

CIMG1377.jpg

Barcos-residências:

CIMG1385.jpg

"I AMSTERDAM" em frente ao Rijksmuseum:

Europa_2008_655.jpg

Rijksmuseum, principal museu de artes da Holanda:

CIMG1398.jpg

A magrela em frente ao Rijksmusem:

Europa_2008_658.jpg

O Van Gogh Museum:

CIMG1399.jpg

Na Museumplein (Praça dos Museus), com o Stedelijk Museum ao fundo:

Europa_2008_659.jpg

Fomos depois pedalando até o Vondelpark, um enorme parque, o maior da cidade.

CIMG1410.jpg

Uma placa engraçada que achamos na entrada do parque - "Proibido ficar pelado pegando sol". Em 2008 foi aprovada uma lei que permite que as pessoas façam sexo ao ar livre neste parque, desde que estejam distantes de crianças.

Europa_2008_660.jpg

De repente começou a chover forte, e ficamos esperando diminuir a chuva debaixo de umas árvores. Conhecemos uns brasileiros lá que também estavam se protegendo da chuva.

CIMG1412.jpg

Voltamos para a Damplein pra devolver a bicicleta, e depois fomos no Museu de Cera Madame Tussaud's.

Bob Marley:

Europa_2008_668.jpg

Bono Vox:

Europa_2008_670.jpg

Ronaldinho Gaúcho:

Europa_2008_673.jpg

Olhando a calcinha da Marilyn Monroe:

Europa_2008_676.jpg

Nicholas Cage:

Europa_2008_677.jpg

Já era 17h e aproveitamos pra tomar a saideira num bar, pois à noite estávamos de partida para Praga.

CIMG1481.jpg

Uns bêbados malucos em frente ao bar onde estávamos. Eles ficavam apostando flexão, e um deles inclusive colocou um vaso na cabeça !!!

CIMG1477.jpg

Pegamos nossas mochilas no albergue e fomos pro aeroporto. Nosso vôo partiu às 21h e 1:30 depois chegamos a Praga.

Não tinha nenhuma casa de câmbio aberta no aeroporto, pois já estava tarde. Trocamos euros por coroas tchecas numa interessante máquina automática. O aeroporto não tinha metrô, mas tinha um ônibus que levava até a estação terminal de uma das linhas do metrô da cidade. Ele já estava de partida, e estava lotado. Não sabíamos onde tinha que comprar o bilhete (quase sempre é antes de embarcar, em alguma máquina ou guichê). Entramos na porta da frente, e não dava pra perguntar pro motorista onde comprava a passagem, pois tinha uma parede de vidro isolando o motorista dos passageiros. Entramos pela porta de trás, e não veio ninguém vender bilhete. Ou seja...demos balão na passagem, meio que sem querer ! hahahah. Ficamos um pouco tensos um tempo, pois poderia aparecer algum fiscal carrancudo no meio do caminho cobrando a passagem e falando coisas inteligíveis em tcheco, mas isso não aconteceu.

Depois de uns 20 minutos, descemos em frente a estação de metrô Dejvická. Logo depois que saimos do ônibus, dei falta da minha mochila pequena, onde estava minha câmera, passagens e passaporte. Entrei em pânico !!! Voltei voando pra dentro do ônibus, e ela estava lá, intacta, em cima do banco. Desci aliviado. Essa foi por pouco ! Perder o passaporte e a câmera com todas as suas recordações da viagem realmente não seria nada agradável.

Entramos no metrô e descemos na estação Starometská, bem no centro antigo da cidade. Penamos um pouco pra achar a rua Benediktská, onde ficava nosso albergue (Old Prague Hostel), mas conseguimos achar finalmente.

Fomos atendidos por um recepcionista carrancudo e mal-humorado. O albergue ficava no segundo andar de um prédio numa rua tranquila bem do lado da linda Staroměstské náměstí (Praça da Cidade Antiga). Era pequeno, tinha uns 5 ou 6 quartos, com capacidade para uns 30 hóspedes no total. Tinha um estilo bem diferente dos albergues de Paris e de Amsterdam, por exemplo, que eram enormes e tinham vários andares. Nesse albergue, as pessoas todas acabavam se conhecendo e se esbarrando toda hora. Achei muito legal.

Já era tipo 1 da manhã. Conhecemos duas gatas holandesas na sala do albergue, elas vieram no mesmo vôo que a gente de Amsterdam. Ficamos um tempo conversando com elas por lá. Na recepção do albergue conhecemos a Priscila, uma menina do Rio bem gente boa. Ficamos conversando com ela um tempo lá. Ela também estava mochilando pela Europa com um amigo, e contou altas histórias. Logo depois apareceu outro brasileiro, e pronto. já éramos praticamente maioria no albergue !

Depois saimos pra comer um sanduíche numa lanchonete que achamos aberta numa rua perto do albergue.

Já passava de 3 da manhã, e ficou tarde pra fazer night. Fui só tomar um banho e depois dormir.

Publicado por alexpt 14:00 Arquivado em Holanda

Envie por email este textoFacebookStumbleUpon

Índice

Comentários

Parece que albergue é o celeiro dos funcionários carrancudos.

por Enaldops

Comments on this blog entry are now closed to non-Travellerspoint members. You can still leave a comment if you are a member of Travellerspoint.

Informe abaixo os detalhes da sua conta no Travellerspoint

( O que é isso? )

Se você não é ainda um membro do Travellerspoint, inscreva-se grátis.

Inscreva-se no Travellerspoint